Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Running VS Science

You are a product of science You run Running is a gift of science Um blog científico cheio de curiosidades sobre a corrida, conselhos para melhorar a performance e entrevistas fenomenais a casos reais de pessoas comuns que venceram na corrida.

23
Dez16

Extrato de chá verde e o seu efeito na resistência

Nádia Santos

 

15622466_576435112551081_6892937806017428121_n.jpg

 

 

O chá verde é uma bebida bastante consumida nos países asiáticos. No entanto, desde que comprovada como uma bebida termogénica (aceleradora do metabolismo), que a sua ingestão tem feito parte de muitos planos dietéticos.

É uma bebida rica em catequinas, um polifenol com ação anti-oxidante que atua de forma benéfica em algumas doenças como o câncro, doenças degenerativas, infeções virais, etc. 

 

Em 2006, Takatoshi Murase e os seus colegas, publicaram um artigo no "American Journal of Physiology - Regulatory, Integrative and Comparative Physiology" sobre o seu estudo efetuado em ratinhos sobre o efeito das catequinas do extrato do chá verde na resistência na corrida. 

O estudo consistia na divisão dos ratinhos em 4 grupos principais:

 

Grupo I: Ratinhos sem exercício

Grupo II: Ratinhos com exercício 

Grupo III: Ratinhos com exercício + 0,2% de extrato de chá verde rico em catequinas

Grupo IV: Ratinhos com exercício + 0,5% de extrato de chá verde rico em catequinas

 

100901121805-large3.jpg

 

O tempo de corrida até à exaustão foi medido em todos os casos com exercício e chegou-se à conclusão que o Grupo IV apresentou um time 30% maior que os restantes grupos! Ou seja, as catequinas presentes no extrato de chá verde aumentaram em 30% o tempo de corrida até à exaustão! 

Para além disso, a atividade da Beta-Oxidação muscular foi mais alta, a concentração de glicogénio muscular também e a concentração de Malonil-COA mais baixa. Mas como assim?!

 

Para isso precisamos saber o que são realmente a beta-oxidação e o malonil-COA...

A beta-oxidação trata-se dum processo catabólico dos ácidos gordos, isto é, o processo pelo qual usamos os lípidos como fonte de energia! 

Já o Malonil-Coa, é uma molécula que pertence ao primeiro passo da síntese de ácidos gordos...

 

Vamos então pensar...

 

O extrato de chá verde, aumentou a degradação de ácidos gordos, diminuiu a sua síntese e ainda apresentou concentrações maiores de glicogénio muscular...

 

Sabendo que na corrida utilizamos essencialmente os hidratos de carbono e as gorduras como fonte de energia,Takatoshi Murase chegou à conclusão que as catequinas do chá aumentam a nossa performance na corrida ao interferir positivamente no uso das gorduras para obtenção de energia durante o exercício...

Isso resulta na poupança do glicogénio muscular (fonte de energia muscular de carbohidratos) e assim diminuindo a fadiga e o tempo de exaustão na corrida...

 

Já estão todos convencidos em fazer uma dieta rica em chá verde? :p

 

Podem sempre ler o artigo em maior detalhe aqui: http://ajpregu.physiology.org/content/290/6/R1550.full

 

 

 

Referências: 

Takatoshi Murase, Satoshi Haramizu, Akira Shimotoyodome, Ichiro Tokimitsu, Tadashi Hase

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D