Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Running VS Science

O objetivo deste projeto é incentivar o início ou a progressão neste desporto fantásico que é o Running, e ensinar através da ciência várias questões relacionadas com o mesmo :)

Running VS Science

O objetivo deste projeto é incentivar o início ou a progressão neste desporto fantásico que é o Running, e ensinar através da ciência várias questões relacionadas com o mesmo :)

28
Set16

#CasosReais - Nádia Santos

Nádia Santos

 

14518665_1459179920775210_852918756_n.jpg

 

Há quem me chame a mulher dos sete ofícios... Há quem diga que tenho bicho carpinteiro =P

A verdade, é que faço sempre inúmeras coisas ao mesmo tempo...Mas o que eu gosto MESMO... Ai isso é de ciência e de correr :) 

Após 1 ano do regresso às corridas pós-lesão, esta sou eu, cheia de garra e vontade para conquistar este mundo e outro! :)

Hoje, no #CasosReais, uma edição especial com a vossa escritora oficial do Running VS Science :)

Fiquem a conhecer-me um pouco melhor a mim e ao meu percurso neste mundo do Running

 

Quanto às perguntas, o mérito é todo da nossa assídua leitora Marta Maia! :) Obrigada pelo desafio! :) 

 

 

 

 

 

QUANDO COMEÇASTE A CORRER E PORQUÊ?

Já por várias vezes que me tinha tentado iniciar nas corridas... Diria que desde 2012, mais coisa menos coisa. Acontece que, todas as vezes que me iniciava, não conseguia manter a motivação... Ou era um dia de chuva, ou era um dia de muito trabalho ou só mesmo até um dia de preguiça pura! Desistia sempre após um mês NO MÁXIMO.

No entanto, sentia a necessidade de fazer desporto pois já não praticava nenhum há muitos anos. Para além disso, no meu terceiro ano de licenciatura ganhei algum peso extra o que me fez realmente iniciar a sério no fim do ano de 2014. Escolhi a bela da ria de Aveiro para começar :)

 

seis-motivos-visitar-aveiro-ria-forum-litoral-maga(Fórum Aveiro, e percurso ao longo da ria... Dos melhores locais para correr)

 

O QUE TE MOTIVA MAIS NA CORRIDA?

Acho que o que me motiva mais neste desporto fantástico é o sentimento de libertação, de conquista e de entreajuda... Passo a explicar ;) Sentimento de libertação porque acho que não há nada mais relaxante e libertador do que calçar os meus ténis e ir correr... Muitas vezes sem destino, sem objetivo de tempo ou distância... Sentimento de conquista porque sentir-me a evoluir por mim própria e a concluir determinados desafios (que coloco como metas pessoais) é algo que me enche de orgulho e de motivação! “Hoje corri 10km em 54min?!? Record pessoal!”... Sentimento de entreajuda é porque acho que existe uma relação muito especial entre corredores... Todos nós nos apoiamos mutuamente, damos forças uns aos outros e puxamos uns pelos outros... Acho que quase se formou uma “Comunidade Running” no mundo ;) Obviamente que este sentimento cresceu e deve-se em grande parte ao Running Espinho, onde correr em grupo trouxe estas últimas vantagens e muito mais!

 

JÁ TINHAS PRATICADO ALGUM DESPORTO ANTES DO RUNNING?

Sim... Já tinha sido federada em basketball, andei na natação e também dancei Hip-Hop... Mas não praticava nenhum há bastantes anos.

 

PORQUE ESCOLHESTE ENTÃO ESTE DESPORTO?

Bem, no início, para ser sincera, escolhi o running porque era a opção mais favorável (com isto quero mesmo dizer: DE BORLA!) =P Hoje em dia opto pelo running por paixão!

 

COMO SE DESENVOLVEU ESTA PAIXÃO PELA CORRIDA?

Depois de uns meses a correr ao fim do dia pela ria de Aveiro eu já podia dizer que corria por prazer... Corria porque me fazia bem à alma... Em vez de relaxar no sofá, relaxava a correr! Mas paixão MESMO, acho que não posso deixar de dar o mérito ao Running Espinho...Porque foi naquele primeiro treino, ao acompanhar um grupo de “apaixonados”, que me deixou a pensar “eu um dia também vou correr como eles, também irei a provas e serei uma excelente atleta!”... Quando dei por mim, estava completamente rendida à corrida e queria sempre mais :) 

 

14508708_1459538127406056_1445715036_n.jpg(O orgulho na t-shirt do Running Espinho)

 

 

JÁ TIVESTE UMA LESÃO, UMA TENDINITE PATELAR... SABES O QUE MOTIVOU? COMO E O QUE FIZESTE PARA RECUPERAR?

O motivo da lesão não foi apenas um... Foram variadas coisas ao mesmo tempo, uma delas o que referi à pouco “o querer cada vez mais”! Para quem estava habituado a fazer 4km, passei sem qualquer transição para o dobro, 8km! Isto porque, a nível cardiovascular eu conseguia... Para além disso e também MUITO importante era o frequente o mau aquecimento, falta de alongamentos e falta de massa muscular... E CLARO... Sapatilhas não adequadas :/ Tenho passada pronadora e faltava-me umas sapatilhas decentes, que não só suportassem a minha passada mas também suportassem o desgaste a que os meus treinos as submetiam...

Recuperar foi difícil ... Não pude correr durante 2 meses e quando regressei teve que ser quase do 0! A recuperação foi à base de anti-inflamatórios (gel, comprimidos e compressas) e depois a partir daí reforço muscular... Apesar de não ser uma lesão grave, não deixou de ser complicado. 

Podem ver sobre esta lesão na rúbrica #Lesões - Tendinite Patelar aqui no blog :)

 

COMO SÃO OS TEUS TREINOS SEMANAIS?

Hoje em dia não corro mais do que dois dias por semana, por dois motivos principais: 1) porque desde que comecei a correr mais km, tive uma perda de peso considerável onde cheguei a ficar a pesar 48 kg (tenho 1.64m)... 2) depois da lesão, achei que deveria apostar mais no exercício muscular para ganho de massa magra. Por isso treino 2x corrida (10km às terças no Running Espinho e ao Domingo livre, embora agora tenha começado com os treinos de rectas neste dia para tentar bater o meu record na corrida EDP Espinho) e treino 3x por semana musculação/reforço muscular ... Descanso geralmente às quartas e sábados, mas não é sempre certo que seja nestes dias se houver imprevistos.

 

14483950_1458427167517152_540388459_n.png14518436_1458427147517154_2103522589_n.png14518657_1458427150850487_1836155654_n.png

 

(Alguns exemplos dos meus treinos de corrida, monitorizados pela app Nike Running)

 

TOMAS ALGUMA SUPLEMENTAÇÃO?

Apenas proteína Whey, pelo menos para já! E também só tomo em dias de treino... Tomo para ganho de massa muscular aliado ao treino e também para recuperação pós-treino (quando corro longas distâncias inclusive). De resto, apenas tenho cuidados a nível da alimentação.

Podem ver sobre Proteína Whey no primeiro post da rubrica #Suplementação :)

 

QUE TIPO DE CUIDADOS TENS COM A TUA ALIMENTAÇÃO?

Tenho imensos cuidados! Cortei com os fritos, como essencialmente grelhados... Também reduzi bastante nos alimentos processados e açúcarados... Tenho imenso cuidado a escolher iogurtes e deixei de comer cereais processados dando sempre preferência aos flocos de aveia. Também raramente como bolachas (o que admito não ser fácil!) nem sumos! De resto, tento ter acima de tudo uma alimentação equilibrada... Não prescindo dos hidratos de carbono pois são muito importantes para me manterem cheia de energia! Apenas tenho atenção à moderação J uma alimentação rica em proteína também tenta fazer parte do meu foco!

No entanto, em dias especiais, obviamente que não deixo de comer os meus docinhos! Uma fartura numa festa, um gelado nas férias... Há que saber ser moderado e não é preciso entrar em exageros ;)

Podem sempre ver as minhas escolhas alimentares através do meu instagram @nadiaalexsantos 

 

14483654_1459540187405850_1991387325_n.png14501906_1459540040739198_1240219774_n.png14501943_1459540184072517_1459249906_n.png14502025_1459540630739139_704444587_n.png

 

FALASTE DUMA PERDA CONSIDERÁVEL DE PESO... COMO ESTÁS AGORA?

Agora neste momento peso à volta de 50/51kg (não me peso há algumas semanas). Sinto que estou bem comigo própria desta maneira, mas se aumentar um pouco de peso com os treinos de musculação também serão boas noticias ;)

 

FAZES IMENSA COISA AO MESMO TEMPO... COMO CONSEGUES GERIR O TEU TEMPO DIÁRIO PARA COORDENAR TODAS AS ATIVIDADES A REALIZAR, INCLUINDO O DESPORTO?

Bem, devo dizer que não é propriamente fácil =P

De momento, encontro-me a realizar a minha tese em Biotecnologia molecular... Isto engloba trabalho de investigação em laboratório e claro, a escrita da própria tese (desde monografia, procedimentos, resultados, etc)... Para além disso, recentemente arranjei um part-time num centro de estudos o que não me ocupa só o tempo da aula, mas sim também o tempo que dedico à sua preparação... Também escrevo no blog, onde todas as semanas tento arranjar algo interessante para falar, convidar pessoal para casos reais e ainda formular as perguntas... Brevemente, também estarei presente numa parceria com o Núcleo de Estudantes de Química da Universidade de Aveiro para umas atividades de corrida... Tenho os meus treinos... E para além disto, também tenho que arranjar tempo para dedicar à família, namorado e amigos...

Como faço? Bem... acho que, acima de tudo, tenho um namorado, amigos e família muito compreensivos (Ehehe :p)... Depois, tento deixar tudo organizado... Tenho uma espécie de agenda onde me permite organizar o meu dia-a-dia... De manhã e um pouco da tarde dedico à tese, ao fim do dia dou explicações, vou treinar, tomar banho e jantar... À noite, gosto de aproveitar para descansar :) Tenho a sorte de ter um namorado que ADORA as mesmas séries que eu, pelo que acabo por juntar duas coisas numa: namorar e seguir séries =P Escrevo para o blog em pausas do laboratório ou à noite já na cama antes de dormir... Ao fim de semana, tento aproveitar a manhã para deixar as tarefas feitas para poder aproveitar a tarde com familia, amigos e/ou namorado :)

14509333_1459541154072420_963725264_n.jpg(Grande parte do meu tempo é dedicado ao laboratório, onde estou a desenvolver a minha tese de mestrado)

 

QUE DICAS DÁS A QUEM MUITO TEM PARA FAZER E POUCO TEMPO DISPONÍVEL?

Organização é a chave para tudo! Sentem-se e construam uma espécie de horário... Obriguem-se a cumpri-lo... Mas acima de tudo, não deixem também de viver a vida... Estão derreados hoje? Descansem... Descansar também é importante :)

Para além disso, tentem falar com os amigos, namorado(a) se tiverem e família para que estes compreendam a vossa dedicação no que fazem... Mas... Mostrem que apesar do pouco tempo, aquele que dão é especial :) Mostrem-se disponíveis para quem amam, não vivam demasiado “focados” porque também não é saudável para ninguém... Há tempo para tudo, até para divertir :)

 

O QUE TE LEVOU A CRIAR ESTE PROJETO RUNNING VS SCIENCE?

A ideia surgiu já no semestre letivo passado, quando finalmente começava a notar a evolução pós-lesão. Apaixonei-me pela corrida e noto que tem sido um desporto que tem vindo a despertar muito interesse num grande número de pessoas, no entanto a base científica ainda é muitas vezes incorpreendida ou até mesmo esquecida! Daí pensei “Porque não juntar dois amores? “ e criei o blog agora no Verão de 2016. Como o próprio nome indica: corrida e ciência! Mostrar a todos que a falta de tempo não é desculpa, motivar todos a começarem! Ciência onde? Nas dicas para progredirem... O máximo de rigor científico para aprenderem mesmo tudo sobre running :D

 

QUANDO É A TUA PRÓXIMA PROVA? O QUE ESPERAS ALCANÇAR?

Já dia 09 de Outubro, em Espinho na corrida EDP J Espero bater o meu record pessoal nos 10km de 54min... Sei que consigo melhor ;)

 

QUE PROJETOS TENS PARA O FUTURO?

Uiiii tantos... Eu tenho bicho carpinteiro, não consigo estar quieta :p Quero claro, primeiro que tudo acabar a minha tese com a melhor nota que me seja possível... Esse é o meu projeto número um! Quero criar mais dinamismo ao blog, oferecer-vos post’s cada vez mais interessantes e motivadores... Quero um dia entrevistar alguém importante no mundo da corrida :D Quero criar eventos... Como por exemplo na universidade (agora o Correr Química  na Universidade de Aveiro no qual fui convidada pelo NEQ – Núcleo de Estudantes de Química)...  Quero correr uma meia-maratona (que já estou a começar os treinos para tal, mas com calma)... Lutar pelo sonho da ciência, quem sabe fazer um estágio no estrangeiro... Mas o meu projeto fundamental... Esse é ser feliz e fazer quem eu amo feliz também :) 

 

#CasosReais Especial – Marta Maia entrevista Nádia Santos, escritora oficial do Running VS Science – Se eu consigo, tu também consegues!