Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Running VS Science

O objetivo deste projeto é incentivar o início ou a progressão neste desporto fantásico que é o Running, e ensinar através da ciência várias questões relacionadas com o mesmo :)

Running VS Science

O objetivo deste projeto é incentivar o início ou a progressão neste desporto fantásico que é o Running, e ensinar através da ciência várias questões relacionadas com o mesmo :)

16
Nov16

#CasosReais - João Machado

Nádia Santos

joao perfil.jpg

 

Esta semana no #CasosReais, trago-vos mais um GRANDE exemplo dum atleta maratonista.

O João, para além de ter estado presente na 13ª Maratona do Porto dia 6 de Novembro, ainda abateu 20min do seu recorde pessoal na rainha das corridas de estrada.

 

A sensação de liberdade, o equiilíbrio entre a mente e o corpo e superar-se a si mesmo, são alguns dos motivos que fazem do João um apaixonado pela corrida. 

 

Conhece já um pouco da história deste fantástico atleta que não consegue manter preso o bichinho das provas :)

 

 

HÁ QUANTO TEMPO CORRES? O QUE TE MOTIVOU A COMEÇAR?

Olá Nádia. Antes de mais obrigado por esta oportunidade.
Voltando à pergunta. Corro assiduamente à volta de 3 anos. Como adoro desporto e não consigo estar parado tenho sempre de estar a fazer alguma coisa. Fui jogador federado desde novo e quando deixei o futebol comecei a ficar com uns quilos a mais e então decidi entrar para o ginásio. Os primeiros passos foram dados na passadeira. Como o “meu” ginásio fecha ao mês de Agosto para férias tive de me desenrascar e então decidi começar a dar as minhas corridas na rua e sozinho. Como tenho uma monitora do ginásio que tinha um grupo de corrida, sempre que me via a correr convidava-me para fazer os treinos/corridas com eles. E assim foi. Ao início com muita vergonha, mas lá me fui integrando e sendo cada vez mais assíduo e viciado. Agora não passo sem eles :)

 

JÁ TINHAS PRATICADO ALGUM DESPORTO ANTES? SE SIM, QUAL OU QUAIS?

Sim, como já referi, joguei muitos anos futebol Federado :)

 

PORQUÊ CORRER? O QUE SIGNIFICA O RUNNING PARA TI?

O Running, tal como o exercício físico para mim é já uma forma e estilo de vida. Faz parte de mim.
Eu adoro correr porque gosto de me superar e saber que posso mais e mais. Corro pela sensação de liberdade que temos, e é também uma forma de conseguir equilibrar a mente e o corpo. O stress do dia-a-dia fica para trás. Corro pelos meus amigos, partilhar a estrada, partilhar conhecimentos, fazer novas amizades. Corro também para me manter em forma e não menos importante, corro pela minha saúde. No fundo, sou viciado pela corrida. Seja de que tipo for. Estrada ou Trail :)

 

JÁ PARTICIPASTE EM DIVERSAS PROVAS... QUAIS AS QUE TIVERAM MAIS SIGNIFICADO PARA TI? PORQUE MOTIVOS?

No primeiro ano que comecei a correr acho que fui a todas a quase todas provas que existiam na zona Norte. Era um vício uma adrenalina para mim e era todos os fim-de-semanas :)

As que tiveram mais significado foram:
- Meia Maratona do Porto 2013 por ser a minha primeira prova. É sempre especial :) 
- São Silvestre do Porto (o ambiente é brutal e por ser na altura do ano que é).
- Meia Maratona de Braga. Correr na minha cidade e sentir o apoio dos meus amigos durante a mesma.
- Maratona. Prova das provas. Onde levamos o nosso corpo ao limite e desafiamo-nos a nós próprios.

 

meia-maratona de braga.jpgs.silvestre.jpg

 

(João na meia-maratona de Braga e na S. Silvestre do Porto, respetivamente)

 

 

PARTICIPASTE RECENTEMENTE NA 13ª MARATONA DO PORTO, DIA 6 DE NOVEMBRO ONDE CONSEGUISTE ABATER 20MIN DO TEU RECORD PESSOAL E ACABAR A PROVA EM 3h15min! COMO FOI A GESTÃO DO ESFORÇO AO LONGO DA PROVA?

Deixa-me começar por falar da Maratona do ano passado. Além de uma má preparação, durante a prova cometi algumas asneiras (como começar muito rápido, alterar o ritmo, não me hidratei corretamente). Logo este ano meti na cabeça que ia ser diferente. De todas as Maratonas esta foi a que melhor me preparei. Foram 3 meses de muito foco, determinação, esforço e dedicação. O objetivo estava claro. Melhorar o meu tempo. No dia da prova estava confiante e o tempo ajudava (não estava muito calor). Foi também muito importante e essencial durante os primeiros 30 km a companhia do meu amigo Turbulento Carlos Fernandes que me ia controlando (não me deixando acelerar muito e ao mesmo tempo ia controlando o ritmo para termos uma boa gestão do esforço). A partir dos 30 Km como o meu corpo dava sinais positivos imprimi um ritmo mais forte e só parei na meta :).

 

maratona do porto.jpgmaratona porto 2.jpgmedalha maratona.jpg

(Algumas fotografias do João na Maratona do Porto 2016)

 

 

O QUE CUSTOU MAIS E O QUE CUSTOU MENOS?

O que mais custou foram os últimos 10 quilómetros, que foi quando imprimi um ritmo mais forte e fiquei sozinho. O medo de ter arrancado muito cedo e de quebrar antes de chegar à meta passou pela minha cabeça. O mais fácil. Os últimos 100 metros. Depois de tantas passadas dores e sacrifícios cruzar aquela linha é um sentimento único no Mundo.

 

QUAL O TEU FEEDBACK ACERCA DESTA PROVA? DESDE ORGANIZAÇÃO, PERCURSOS... TUDO!

Falando pessoalmente, eu adoro provas da “Run Porto”. Eles transpiram qualidade e profissionalismo. Relativamente à Maratona do Porto é das provas mais lindas que pode existir.
A paisagem (na margem do Douro, na ribeira do Porto e em Vila Nova de Gaia) são fenomenais. Depois o público é entusiasta emocionante e incansável no apoio aos atletas.

 

COMO SÃO OS TEUS TREINOS SEMANAIS?

Os meus treinos são sempre repartidos entre o ginásio e estrada.

Ginásio à Segunda, Terça, Quinta e Sexta. Quarta e Domingo é dedicado apenas à corrida. Sábado dia de descanso. No ginásio reparto sempre o tempo entre Cardio e Musculação.

A minha semana costuma ser a seguinte:
Segunda : Aula de Cycling e ao fim treino de Braços
Terça: Aula de Crossfit e depois treino de Pernas.
Quarta: Corrida em estrada. Sempre à volta de 10/15 quilómetros.
Quinta: Aula de Cycling e depois treino de Peito
Sexta: Aula de cycling e depois um treino em que foco-me mais nos abdominais.

 

treino 2.jpgtreino1.jpg

 

COMO RECUPERAS DEPOIS DUMA PROVA DESTAS?

Descanso, e uma boa alimentação. Acho isso essencial.
Quando me sinto mais fastigado costumo  também fazer uma massagem.

 

TOMAS SUPLEMENTAÇÃO? SE SIM, O QUÊ?

Sim, mas apenas o essencial e sempre com acompanhamento. Tomar suplementos só por tomar nunca o faço e até pode ser prejudicial. Neste momento estou a tomar Omega 3, ZMAB6 e Whey. Não posso deixar de fazer referência há minha “monitora” @cati3814 por me acompanhar e me aconselhar neste processo. Sem ela isto não era possível.

 

SABEMOS QUE CORRES COM UM GRUPO DE CORRIDA, OS CHAMADOS “TURBULENTOS”... QUE VANTAGENS TROUXE PARA TI INTEGRAR NESTE GRUPO? FALA-NOS UM POUCO ACERCA DE VOCÊS...

Sim, é verdade. Entrei para os Turbulentos há cerca de 1 ano e foi a melhor coisa que me aconteceu. Os Turbulentos é um grupo de pessoas que começou a correr regularmente. Com o tempo foram criando uma camaradagem fantástica e com essa prática regular da corrida incentivou o grupo a participar em algumas corridas populares. A participação nestes eventos trouxe uma nova dinâmica ao grupo, que a partir dessa altura os seus elementos para além de se reunirem para correr também se começaram a organizar para participar nas provas populares de atletismo que se realizavam em Braga e por todo o País.

 

turbulentos..jpg

(João com os Turbulentos após um excelente treino!) 

 

QUAIS OS OBJETIVOS FUTUROS? 

Os meus objetivos passam por dia a dia prova a prova superar o meu “eu”. Fazer uma meia maratona ou Maratona no estrangeiro também está nos meus planos :)

 

#CasosReais – Nádia Santos – Entrevista a João Machado – Se ele consegue, tu também consegues!