Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Running VS Science

You are a product of science You run Running is a gift of science Um blog científico cheio de curiosidades sobre a corrida, conselhos para melhorar a performance e entrevistas fenomenais a casos reais de pessoas comuns que venceram na corrida.

07
Dez16

#CasosReais - Cláudia Abreu

Nádia Santos

15356987_1539369412756260_2066648462_n.jpg

Esta semana trago-vos a Cláudia, um exemplo perfeito da excelente gestão de tempo e de como o amor pela corrida supera qualquer coisa! A Cláudia é mãe de um menino de 7 anos e duma menina de 5 anos... Ser mãe, é um trabalho a tempo-inteiro... Para além disso, é preciso coordenar o trabalho, as tarefas domésticas e ainda os treinos... Mas a Cláudia consegue!

Treinando muitas vezes entre as 6h-7h da manhã, a nossa atleta desta semana é uma vencedora das provas de estrada tendo sido a sua estreia de Maratonas na Maratona de Sevilha! No entanto, a Cláudia descobriu uma nova paixão: o Trail :) 

Conhece já a sua história :)

 

QUANDO COMEÇASTE A CORRER? O QUE TE MOTIVOU?

Comecei a correr em 2014. Lembro-me perfeitamente do primeiro dia em que fui para o paredão, comecei perto do Bar dos Gémeos e fui até a praia de Oeiras sem parar, o que dá aproximadamente 1km. Depois voltei até ao carro em modo de caminhada. Durante esses 2km, lembro-me de pensar " Como é possível alguém gostar disto?"... Mas o grande "culpado" desta aventura foi o meu irmão, que perdeu quase 30kg com a corrida, ele sim foi a minha inspiração! Na época, o meu principal objetivo era melhorar a forma física, como adoro o mar, moro a 5 minutos do paredão, pensei "vou tentar ir 3 vezes por semana". Entre corridas e caminhadas, foi assim o começo desta paixão. A motivação inicial de manter a forma, depressa mudou para algo diferente que faço sem obrigação e que me faz sentir feliz. 

 

JÁ TINHAS PRATICADO DESPORTO ANTES? SE SIM, QUAL?

O meu pai trabalha numa empresa ligada ao desporto e é uma pessoa bastante ativa, portanto sempre  me incentivou a praticar desporto, pratiquei ginástica acrobática, natação e  ballet. 

 

SABEMOS QUE ÉS MAMÃ DE UM MENINO DE 7 ANOS E DE UMA MENINA DE 5 ANOS... MUITAS MULHERES ARGUMENTAM QUE NÃO TÊM TEMPO PARA PRATICAR DESPORTO POR CAUSA DAS CRIANÇAS. COMO CONSEGUES CONCILIAR TUDO?

Sem dúvida que não é fácil, mas é tudo uma questão de organização e claro que a ajuda da família é muito importante. Trabalho como freelancer, tenho escritório em casa. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, não ter um horário fixo de trabalho, nem sempre é fácil... Temos que criar algumas rotinas e organizar bem o dia. Mas claro que também tem muitas vantagens, principalmente quando se tem filhos pequenos... Normalmente treino bem cedo, entre as 6 e as 7 da manhã, depois chego a casa é acordar o pessoal e começa então o dia: levar os miúdos à escola e trabalhar. Perguntam-me muitas vezes  como consigo acordar tão cedo, mas a verdade é que não me custa, sempre gostei de acordar cedo, também me deito muito cedo, mas dormir é algo que não gosto muito. Aliás, se pudesse dormia apenas umas 3 horas para ter tempo para tudo :) mesmo quando não vou treinar, acordo cedo e aproveito para trabalhar no computador, nesses dias treino mais tarde, e em sítios diferentes, ultimamente aproveito e vou até à serra de Sintra. Nesse aspeto sinto me uma privilegiada, pois tenho o mar e a serra à porta de casa. 

 

GOSTAVAS DE INCREMENTAR ESTA TUA PAIXÃO PELA CORRIDA AOS TEUS FILHOS?

Sim, pelo desporto em geral, penso que é muito importante na formação das crianças. Mas como qualquer criança, eles adoram correr e estão sempre a pedir me para irem correr comigo, principalmente a minha filha mais nova. Para já ficamos pelas caminhadas. 

 

COMO SÃO OS TEUS TREINOS SEMANAIS?

Depende se estou a preparar alguma prova, mas normalmente treino 6 dias e descanso um. Muitas vezes no dia de descanso, aproveito para nadar um pouco, ou fazer uma aula de alongamentos. Os treinos são variados, entre séries, treinos com variações de ritmo, rampas ou treinos mais longos aos domingos. Tento ainda ir ao ginásio pelo menos uma vez por semana, na hora de almoço, para fazer reforço muscular.  

 

15178312_10211210445526200_6456115263662907038_n.j15327676_1539372506089284_1630240955_n (2).png

 

A TUA PRIMEIRA PROVA FOI A CORRIDA DO TEJO... DESCREVE-NOS O SABOR DUMA PRIMEIRA PROVA :)

Sem dúvida que foi ai que tudo começou, em 2014, na corrida do Tejo. Tinha começado a correr com mais regularidade no início do verão...Quando vi o cartaz, fiquei tentada... Uma prova à porta de casa, com um percurso agradável...Ganhei coragem e inscrevi-me. Fui a um treino no Jamor, de preparação para a prova. Nesse treino encontrei uma prima que não via já alguns anos, em poucos minutos contou-me algumas aventuras das suas corridas... Disse lhe que nunca tinha corrido 10km, ela disse-me que era fácil e que já tinha feito meias-maratonas... Disse que eu ia conseguir e confesso que fiquei mais confiante.

No dia da prova, estava bastante ansiosa, até porque ia sozinha... Quando cheguei fiquei surpreendida com a quantidade de pessoas, nunca imaginei. Nesse ano acabei a prova em 59 minutos, corri pela primeira vez 10km sem parar, acho que estive uns 3 dias para voltar a correr, fiquei super feliz. 

15356980_1539372492755952_413274340_n (2).png

 

 

AO TODO JÁ CORRESTE CERCA DE 5 MEIAS-MARATONAS E 2 MARATONAS! COMO DESCREVES A TUA EVOLUÇÃO?

Depois da corrida do Tejo, foi impossível ficar por ali! Continuei a fazer provas de 10km, no ano seguinte fiz a estreia na meia-maratona e segui pela primeira vez um plano de treino. A superação em cada prova faz-nos querer sempre mais. Penso que tenho feito uma evolução muito natural, fui consolidando as distâncias e aumentando gradualmente os kilometros e os ritmos. 

 

A TUA PRIMEIRA MARATONA FOI A MARATONA DE SEVILHA... PORQUÊ ESTA ESCOLHA? QUAL O FEEDBACK DE TODA A PROVA DESDE A TUA PRESTAÇÃO, A ORGANIZAÇÃO, O PERCURSO, AS PESSOAS, ETC.?

Quando decidi fazer a maratona, decidi também que a minha estreia não seria em Portugal...Depois de uma pequena pesquisa, Sevilha apareceu-me como uma boa opção... Li muitos relatos de portugueses que tinham adorado esta prova... Parecia ter um percurso fácil, mesmo aqui ao lado de Portugal e a data não podia ser melhor: no mês do meu aniversário! Estavam reunidas todas as condições! Para além disso, ia celebrar os meus 40 anos em Sevilha a fazer a minha primeira maratona!

Foi uma experiência incrível, ainda hoje consigo ouvir o apoio do público nas ruas, imensas crianças, muitos portugueses... Os últimos kilometros são de arrepiar...Uma multidão que te acompanha e incentiva até à entrada no estádio, foi uma emoção muito grande, fiz os últimos metros na pista do estádio praticamente sem conseguir respirar, foi mesmo inesquecível. Gostei muito, quero lá voltar para repetir a maratona. 

IMG_7439.JPG

 

TAMBÉM ENTRETANTO JÁ TE ESTREASTE NO TRAIL, NA PROVA TRAIL DO ZEZERE... PARA QUEM JÁ FEZ UM TRAIL A VERDADE É QUE É IMPOSSÍVEL COMPARA-LA A UMA PROVA DE ESTRADA! O QUE ACHASTE DESTE TEU PRIMEIRO? O QUE MAIS GOSTASTE E O QUE MENOS GOSTASTE?

Depois da maratona de Lisboa, comecei a sentir me desmotivada com os treinos em estrada...Fz uma prova de 10km e pela primeira vez achei uma verdadeira "seca", o que me deixou a pensar se fazia sentido andar sempre a treinar para tirar determinado tempo numa distância, que foi o que fiz praticamente no último ano... Acho que me cansei dessa rotina, de provas quase todos os fins de semana, para baixar segundos, isso já não me satisfaz, não me motiva o suficiente, pelo menos para já...

Gosto de desafios, adoro a maratona, mas não é uma prova que se possa fazer todos os meses. Por isso comecei a variar os treinos, a explorar outros locais fora da estrada, e gostei, sinto-me bem, sem olhar muito para o relógio, correr apenas por prazer. Já tinha decidido experimentar uma prova de Trailrunning  até ao final do ano, por isso quando me desafiaram para o Trail do Zêzere, achei que era o momento certo, era o que eu estava a precisar... Fiquei super entusiasmada, com alguns receios, era tudo novidade, tinha feito meia dúzia de treinos em Sintra, só me imaginava a dar grandes quedas, ou a perder-me... Bem, não me perdi e a queda foi pequenina :) Adorei a experiência, não fazia ideia do que ia encontrar... Quando vi a primeira subida confesso que pensei, "Vou demorar uma eternidade acabar a prova" , mas depois não sei bem explicar, parece que entrei em outro mundo, quando dei por mim estava na meta, passou tudo tão rápido, adorei!

 

14991980_1505283916154385_7939100914983669760_n (115417022_1539372609422607_1830491310_n (2).png

 

TENS PREFERÊNCIA POR ESTRADA OU POR TRILHO?

São desportos completamente diferentes, penso não se pode comparar. Adoro a estrada, a velocidade, o estar sempre no limite, mas neste momento isso não é o suficiente. Nos trilhos é tudo diferente, com mais aventura, estar no meio da natureza dá nos outras sensações e emoções, mas que ainda estou a descobrir. 

 

ESTAMOS MUITO PERTO DO ANO DE 2017... QUAIS AS AMBIÇÕES PARA ESTE ANO QUE SE AVIZINHA? :)

Para 2017, posso adiantar que para o primeiro semestre, se tudo correr bem, já tenho na agenda algumas provas de Trail e pontualmente uma ou outra de estrada. 

 

#CasosReais – Nádia Santos – Entrevista a Cláudia Abreu – Se ela consegue, tu também consegues!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D