Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Running VS Science

You are a product of science You run Running is a gift of science Um blog científico cheio de curiosidades sobre a corrida, conselhos para melhorar a performance e entrevistas fenomenais a casos reais de pessoas comuns que venceram na corrida.

17
Ago16

#CasosReais - Diana Pereira

Nádia Santos

Sem Título.jpg

 

Se existe alguém perfeito em gerir o seu tempo, esse alguém é o #CasosReais desta semana.

A Diana Pereira tem 25 anos, trabalha na área das finanças, encontra-se no segundo ano de mestrado, é meia-maratonista e ainda uma recente blogger.

 

Não, nao é fácil... Mas a Diana consegue! 

 

Fica a saber um pouco mais acerca da sua história, como gere o seu tempo, como alcançou a meia-maratona, como lida com a presente lesão e ainda acerca do seu próximo projeto... O seu blog :) 

 

 

QUANDO COMEÇASTE A CORRER? O QUE TE MOTIVOU?

Comecei a correr há cerca de 3 anos. O que me levou a entrar neste mundo do Running foi a ansiedade. No último ano de Licenciatura comecei a desmaiar várias vezes sem motivo aparente. Fiz exames e mais exames, e estava óptima de saúde. Pela forma de estar e falar o médico indicou me logo que o motivo dos desmaios era a ansiedade. Como era muito jovem para tomar qualquer tipo de medicação a minha receita médica foi: Running: libertar energias acumuladas, o stress do dia-a-dia, organizar pensamentos e descansar o cérebro, tu 

 

JÁ ALGUMA VEZ TINHAS PRATICADO DESPORTO ANTES DE TE DEDICARES AO RUNNING? SE SIM... QUAL?

Sim, durante 8 anos pratiquei natação de competição.

 

O QUE FOI MAIS DIFÍCIL PARA TI AQUANDO A INICIAÇÃO?

Quando iniciei o Running, o mais difícil foi coordenar e controlar a respiração e também não tinha resistência nenhuma. Da Natação ao Running passaram 7 anos, perdi resistência e ganhei kilos a mais, cheguei a pesar quase 80kg, vestia o 40 de calça. Graças ao Running voltei à estrutura normal, mas ainda tenho umas gordurinhas que não me largam… Ainda sobre o Running, lembro me como se fosse hoje, dos primeiros dias em que calcava uns ténis e fui para a pista. Corria 5 minutos que nem chegavam a ser 20 metros e estava K.O (que vergonha).

 

ÉS MEIA-MARATONISTA HOJE EM DIA... FOI DIFÍCIL CHEGAR ATÉ AQUI? QUANTO TEMPO PRECISASTE?

A Meia- Maratona foi a primeira prova da minha vida. Tudo começou com uma brincadeira, lancei para o ar que um dia faria a meia de Lisboa. Uns riram-se, outros não acreditaram e nem eu própria acreditei. No Natal de 2015 um primo por afinidade lançou me o desafio à séria e eu aceitei sem pensar duas vezes. Tínhamos 2 meses para preparar uma prova de 21km. Uma loucura. Se foi difícil!? Foi, foi difícil correr à chuva e ao frio que se fazia sentir em Janeiro, foi difícil lutar contra a vontade, contra a nossa mente, foi difícil correr horas a fio sozinha, foi difícil manter a motivação e acreditar em mim. Foi uma luta contra o tempo.

 

COMO SÃO OS TEUS TREINOS PARA A MEIA-MARATONA? QUANTAS VEZES CORRES POR SEMANA E QUANTOS KM?

Para a Meia maratona planeei os treinos todos, a alimentação, os suplementos e o descanso. Corria 3-4 vezes por semana. Se fizesse treinos curtos (até 10km) corria 4 vezes, se fizesse treinos longos (15 a 17km) corria 2 vezes por semana. Mais perto da prova, reduzi os treinos e os kms, descansei mais, controlei a alimentação e bebi muita água. Cheguei ao dia da prova, calma e fresca como uma alface.

 

DE MOMENTO ENCONTRAS-TE LESIONADA... QUAL A LESÃO E O MOTIVO?

Sim, de momento estou lesionada. Tenho a rotula deslocada, pouca cartilagem e o tendão d’Aquiles inflamado. O motivo, foi a falta de postura e reforço muscular. Nunca fazia ginásio, achava que era demasiado fechado. Porém, é realmente necessário para evitar lesões provenientes da corrida.

 

ESTÁ A SER DIFÍCIL A RECUPERAÇÃO? COMO É ESTAR PARADA?

Já estou há quase 3 semanas parada. Na primeira semana custou-me imenso, sentia um vazio. Chegar a casa e não poder fazer rigorosamente nada. Quase que me senti depressiva. Agora já me adaptei ao sossego e como é verão consigo distrair me facilmente na praia, piscina, churrascos etc… Mas… estou morta para voltar.

 

PARA ALÉM DO INSTAGRAM, TAMBÉM TE VAIS INICIAR ENQUANTO BLOGGERNO... PODES FALAR-NOS UM POUCO ACERCA DELE?

Sim, vou lançar um Blogue com uma amiga (@Cheilaferrieradias) que também partilha deste gosto pela corrida. Neste Blogue vamos falar sobre Corrida, Motivações, provas, entrevistas a atletas profissionais e amadores, alimentação e até temos a #Rubricarunnersvaidosas que hoje em dia sai no meu Instagram que é mais vocacionado para meninas J Será um Blogue de todos e não só nosso. Um misto de partilha de experiencias, dicas, motivações, inspirações …

 

NO TEU INSTAGRAM CONTAS COM QUASE 1500 SEGUIDORES... O QUE SIGNIFICA ISSO PARA TI? SABER QUE TANTA GENTE SE INSPIRA COM O TEU ESTILO DE VIDA?

O meu Instagram é absolutamente recente. Aliás tinha umas publicações mas nunca apostava muito no assunto. Depois procurei motivar-me, inspirar-me em outros Instagrams até que pensei: “será que se eu partilhar um pouco da minha experiencia também irei inspirar?!” e foi então que comecei a publicar rotinas de uma pessoa completamente normal, com pouco tempo livre e com tudo o que o Running acarreta. Fico contente por inspirar e motivar outras pessoas através do meu Instagram.

 

FAZES TANTA COISA... DESDE O TRABALHO, ESTUDOS... COMO GERES TODO O TEU TEMPO?

Bem, sou muito organizada. Tenho uma agenda onde anoto tudo o que tenho para fazer, quando fazer e etc… a organização é a chave para tudo. É ao Domingo que reorganizo a semana na agenda e na cozinha. Depois, se tenho tudo organizado é fácil dedicar me a 100% quando estou no Escritório, a 100% quando estou no Mestrado, a 100% quando estou a treinar e com certeza que será a 100% quando me dedicar ao Blogue. Tento sempre dar o melhor de mim.

 

ALGUM CONSELHO PARA NOVATOS?

Para os novatos J Antes de começarem a correr aconselho a fazer um check-up no Doutor e informar do que pretendem iniciar. Depois do check-up, devem fazer um teste à passada na Asics ou Nike que é completamente gratuito e muito importante na compra dos ténis. (evita lesões graves). Coordenar logo de inicio os treinos de corrida com ginásio, o fortalecimento muscular é bastante importante. Para repor os nutrientes necessários, devem manter uma alimentação variada e equilibrada, beber muita água e aliar um suplemento nos dias de treino.

 

E PARA NÃO NOVATOS QUE JÁ SONHAM COM A MEIA-MARATONA?

Para os não novatos que sonham com a Meia Maratona?! Dedicação, esforço, paciência e muita organização! Trabalhar a mente é fulcral, uma mente forte prepara o corpo para chegar onde quisermos.

 

PLANOS PARA O FUTURO?

Muitos. Não vou revelar :)

 

Sem Título1.jpg

Podes seguir o dia-a-dia desportivo da Diana no seu instagram @dianapereirarunner 

Sem Título2.jpg

 

 

#CasosReais – Nádia Santos – Entrevista a Diana Pereira – Se ela consegue, tu também consegues!

 

 

P.S - Gostaria de agradecer à Diana toda a simpatia e dedicação a este #CasosReais. Foi sem dúvida uma entrevista muito interessante ;)

 

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D